16 fevereiro 2009

Todas as cores que nas coisas
Comecei a completar os espaços quando descobri tua fotografia singular. Você olhando pra mim tentando obter o foco perfeito. E eu nem sabia que já era o teu retrato. Eu vi o sol em teu corpo e passei a registrar todas as cores que há nas coisas pra te mostrar depois. Te contar como foi meu dia e te entregar o meu melhor sorriso, a minha essência, minha melhor invenção. E comecei a descobrir em você tudo que eu já sabia. Te encontrei num dia de domingo em plena chuva de fevereiro. Os blocos nas ruas e você não cansava de me olhar. E eu não cansava de te desenhar. É que eu te queria pra mim. E comecei a descobrir em você tudo que eu já sabia. Eu já sabia! [Cores] Josimar Souza-Mazes, o pensador

2 comentários:

Emmanuel disse...

mais uma bela poesia que o poeta cancioneiro escreveu!
^^

Gilberto Souza disse...

Belíssima......