17 dezembro 2009

EU e o colorido


Confuso pensar em Natal com os jornais falando o tempo todo que as coisas vão mal... O verde está se acabando, agulhas encontradas em um corpo infantil, a violência das cidades, a crise do governo, a fome no mundo... Estranho me deixar envolver por esse espírito de paz e amor que o Natal traz, quando na verdade, a violência parece ser mais bem vinda em nossos dias. É estranho também a variação de chuvas em algumas cidades e a ausência dela em outras nessa época do ano. Dezembro deveria ser uma época feliz, mas na verdade se tornou mais uma época de enfeites e badulaques, assim como aquele mundo de objetos coloridos que colocamos em nossas árvores de Natal. Acredito que algumas pessoas conseguem trocar a data do nascimento de Jesus pelo tão esperado carnaval, porque parece mesmo que temos uma escola de samba na sala de estar. Nunca vi um colorido de tão mal gosto como o de certas árvores de natal, mas enfim, deve ser por uma boa causa. Deve ser na intenção de a alegria vir nos visitar. Lá vem eu e minhas palavras desnecessárias. Vou deixar as árvores dos outros em paz. Preciso mesmo é cuidar da minha.
Mazes

Um comentário:

Pernambucolismo disse...

E eu concordo em número, gênero e grau.. Pow, acho natal uma palhaçada! Ixi, peguei pesado... Mas é, assim como as demais datas comemorativas que mudam rotinas das pessoas e principalmente impulsionam o comércio de artigos afins,diante da real situação de milhares pessoas no mundo,fica difícil se contagiar com essa "magia". Mas tb respeito as árvores de Natal dos outros hehe!