02 março 2009

Tu iria comigo, nega?
Já a minha vontade e de virar Hippie e vender artesanato nas praias por ai. Tu iria comigo, nega? Ler livros à beira mar, sadalhas de dedo, tocar um violão alucinado, imaginar desenho nas nuvens, curti quando o sol não vier e mandar a chuva só pra brincar com a gente e curtir quando a chuva for embora e ceder o lugar ao ILUMINADO- astro rei SOL. As pessoas pensam que eu falo brincando, mas eu acho um máximo essa vida e Hippie. Mas às vezes penso em minha velhice, vai que eu não tenha ninguém do meu lado quando ficar doente? Nem plano de saúde, nem aposentadoria... é bronca, mô véi. Ás vezes fico pensado aonde eu quero chegar... A gente corre corre, mas pra onde, pra que? Sempre fui contra essa correia, mas hoje faço parte dessa multidão que está sempre correndo atrás de algo. “Querendo ver o sol que não chega, querendo ter alguém que não vem” Aonde essa loucura toda vai dar. Queria um pouco mais de paz, um pouco mais de poesia na minha vida. Não estou numa fase muito boa, acho que esses dias frios tem afetado meu pensar, mas tenho medo que esse “meu inverno” acabe e eu ainda fique a suspirar por essa vida que as vezes não faz nenhum sentido. Ideologia, conformismo, minha vida? Acho que vai passar...tudo passa. "Amo teus contornos... em te me vejo!"
P/ KATY. Josimar Souza - Mazes, o pensador

Um comentário:

goticoaway disse...

..ola cara ..n foi pra mim ...mas gostei! 1° vc n precisa ser hippe pra fazer isso...aprendi por incrivel q pareça ..com vc e uma amiga minha q um dia te apresento..chamada talita...fico de madrugada curtindo o silencio..n imagino formas nas nuvens..e bem mais legal deixar ao acaso...2°vai parecer sermão ...mas n inveje os hippes...a liberdade que eles tinham ..era ilusória ..e totalmente regada a base de maconha...se vc quer um caminho..n siga o dos outros ...se n vc so vai ate onde essa pessoa pode ir !
to parecendo pastor ...melhor parar!